janeiro 02, 2014

Ano Novo, Vida Velha


Então é assim, um ano novo começou, muitas promessas são feitas, muitos sonhos desejados, muitos agradecimentos de realizações no ano passado. Mas tudo isso vai sendo deixado de lado, conforme os dias passam. É clichê dizer que o ano novo é esperança de novas conquistas, tempo de fazer algo novo, resolver os embaraços. E muitas vezes se prometem coisas sendo que o que foi prometido no ano passado ainda nem foi cumprido.

O que acontece na verdade é uma noite de virada de ano, que os franceses batizaram com o nome de réveillon, comemorado em primeiro de janeiro por instituição do antigo imperador romano Júlio Cesar. Uma noite onde tudo é favorável para dar certo, para ser perfeito. Mas aí ela acaba, e muitas vezes todas aquelas sensações e anseios acabam também aí, e então o ano novo volta a ter a vida velha.

Um dia é preciso perceber que o tempo passa, as palavras se apagam, os acontecimentos tornam-se apenas lembranças, e o que foi dito pode não ser cumprido. Por isso prometa apenas o que pode cumprir, e cumpra-o. Não deixe as palavras em vão, desperdiçadas, isso só traz desânimo de não poder alcançar objetivos. Vá devagar que longe se chega!

Se quer saber o que prometi na virada do ano, terminar a faculdade que prometi fazer lá na virada de 2009/2010. E não é somente em primeiro de janeiro que se constroem sonhos, seus desejos podem ser feitos em qualquer dia do ano, como o ano novo chinês que sempre acontece em datas diferentes. Você pode ter um ano novo e uma vida nova sempre que quiser, só basta desejar!

Bruno O. Ribeiro



Um comentário:

noMar disse...

muito bem!
mas... a vida se renova todos os dias :)

tchim tchim!!!

tenha um feliz 2014!