fevereiro 07, 2009

Amor ao Cais


AMOR AO CAIS
Roldão Mendes Rosa

Por que
este amor ao cais
se o que espero
não viaja ?

Por que
este vir ao cais
se o que tenho
não parte?

Por que esta espera
no cais?

Por que
este amor aos navios
que apitam e partem
se não quero partir em nenhum?

E a paisagem ?
Por que a paisagem
toda paisagem
desejada?

Eu, descendente de adeuses,
vejo lenços que acenam
na paisagem sem lenços.

Ou este porto
pouso de âncoras
timidamente se disfarça
no homem que sou?

Um comentário:

Anônimo disse...

Amei